Primeira morte por dengue em 2022 em Minas é registrada no município de Espinosa; vítima tinha 56 anos

0
Mosquito 'Aedes aegypti', vetor do vírus da dengue

A primeira morte por dengue em Minas Gerais em 2022 foi registrada no município de Espinosa, na região Norte. A Secretaria Municipal de Saúde informou à reportagem, nesta quarta-feira (23), que o óbito foi no mês de janeiro e a vítima tinha 56 anos. Ela chegou a ser atendida em uma unidade hospitalar. O sexo do paciente não foi divulgado.

Com pouco mais de 32 mil habitantes, o município de Espinosa notificou 320 casos suspeitos da doença entre dezembro de 2021 a fevereiro deste ano. Segundo o secretário de Saúde, Paulo Moza Fernandes, até o final desta semana será divulgado um boletim com o número de casos confirmados.

MG tem primeira morte por dengue em 2022; já são mais de mil casos confirmados neste ano
Ele destacou que o número de notificações é considerado alto e várias medidas estão sendo adotadas no município.

“Nós recebemos o apoio da equipe estadual com veículos para aplicação do fumacê entre os dias 24 de janeiro a 3 de fevereiro. Também realizamos mutirão de limpeza em todo o município desde o início de janeiro e intensificamos as ações e visitas dos agentes de endemias”.

Ao todo, 18 profissionais fazem as visitas domiciliares e levam orientações para a população.

“Os agentes fazem a aplicação do larvicida em locais onde podem acumular água e orienta a população, principalmente quanto aos cuidados com o descarte do lixo para que não ocorra produção de focos do mosquito. Com o período chuvoso, o acúmulo de água aumenta e propicia os focos”, alertou o secretário.

Dengue em Minas
Segundo o boletim epidemiológico da Secretaria Estadual de Saúde (SES), divulgado nesta terça-feira (22), outras duas mortes pela doença ainda são investigadas.

Até o dia 15 de fevereiro, o estado registrou 4.791 casos prováveis de dengue. Desses 1.289 casos foram confirmados para a doença.

Ainda conforme a SES, o estado tem 317 casos prováveis de febre Chikungunya, sendo 30 confirmados.

Em relação ao vírus Zika, Minas tem nove casos prováveis, sendo três confirmados para a doença.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui